QUANDO COMEÇA UM ANO?


(18/11/2006)

Evaristo Eduardo de Miranda

Qual seria o melhor dia para começar o ano? Poderia ser um evento astronômico, como o dia do início da primavera ou do verão, ou um evento histórico: a vitória numa batalha, a fundação de um reino ou dinastia etc. O ano pode começar em qualquer dia. Basta uma convenção. Na Roma antiga, por exemplo, o ano começava em março.

Quem consagrou o início do ano no dia 1 de janeiro foi a Igreja católica. A vinculação oficial de Jesus ao seu povo e a Deus não ocorreu no dia do seu nascimento, no Natal, em 25 de dezembro e sim no momento da sua circuncisão, na sua primeira manifestação pública. Na tradição judaica, esse rito de identificação da pessoa e de seu vínculo com Deus e Israel, ocorria no prazo de uma semana após o nascimento.

Quatro coisas tornaram esse dia mais solene. 1 – José lhe impôs formalmente o nome de Jesus. É algo comparável ao registro civil de um recém-nascido num cartório e ao batismo, quando a criança passa a pertencer à Igreja. 2 – O rito judaico da circuncisão impõe um sinal na carne, um corte, uma cisão, o começo de uma nova situação, de vínculo com o povo de Deus. 3 – Nesse dia, Jesus começou a derramar seu sangue. 4 – O dia 1 de janeiro corresponde à oitava do Natal. Hoje, essa festa é consagrada liturgicamente à maternidade divina de Maria. Por essas e outras razões, a Igreja definiu o dia 1 de janeiro como o do início do ano, na sequência do Natal.

Judeus, muçulmanos e religiões orientais têm outros dias para começarem o ano. No Ocidente e em grande parte do planeta, o ano começa no primeiro de janeiro. É a data mais universal. Desde o ano de 1967, por iniciativa do Papa Paulo VI, celebra-se também nessa data o Dia Mundial da Paz, o dia da Fraternidade Universal.

Publicado em:

MIRANDA, Evaristo Eduardo de. Quando começa um ano? A Tribuna, Campina – SP, v. 98, p. 13, 2007.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *