O QUE É O JUBILEU


(10/12/1999)

Evaristo Eduardo de Miranda

O que é o Jubileu?: Jubileu significa júbilo, alegria. Não é apenas júbilo interior, mas alegria que se manifesta exteriormente. Em hebraico jubileu quer dizer “Toque da trombeta de Deus”, convocando para uma grande celebração festiva. Na Bíblia, o livro do Levítico, capítulo 25, versículos 8 e 10, lemos: “Contarás sete semanas de anos, isto é, sete vezes sete anos; esse período de sete semanas de anos representará, portanto, quarenta e nove anos…; declareis santo o qüinquagésimo ano, que será para vós um jubileu”. No ano jubilar, a Bíblia determina que se deve dar descanso à terra por um ano (Lv 25,4-5); resgatar as terras penhoradas e vendidas (Lv 25,28); retornar ao grupo familiar (Lv 25,35ss); perdoar as dívidas (Lv 25,37ss); e libertar e emancipar os escravos (Lv 25,54).

Essas determinações relativas ao ano jubilar tinham como objetivo recordar que Deus é o Senhor da terra e de tudo o que nela existe; restabelecer a igualdade entre os filhos de Israel; evitar a concentração da terra e de riqueza, porque a terra é um Dom de Deus para todos; proteger os mais fracos, por serem os prediletos de Deus; restabelecer a justiça social; e motivar para a conversão.

Histórico: desde 1300 a Igreja Católica celebra regularmente o Ano

Jubilar, primeiramente de 50 em 50 anos; a partir do século XV, de 25 em

25 anos. Desde 1500 emprega-se também a expressão “Ano Santo” para o

Ano Jubilar. “A Igreja sempre celebrou o Jubileu como uma etapa

significativa do seu caminhar para a plenitude em Cristo” ( IM 5 ). É um

tempo em que se faz sentir mais interessante o convite de Jesus à

conversão. O Ano Jubilar visa reconstruir o Plano de Deus, e isso vale não

somente para o povo de Israel mas também para nós, hoje.

Preparação: na Carta Apostólica Tertio Millennio Adveniente (O

Advento do Terceiro Milênio – TMA), escrita para preparar o mundo para

o Ano Jubilar, o Papa João Paulo II pediu para que o ano de 1997 fosse

dedicado a Jesus Cristo, o ano de 1998 fosse dedicado ao Espírito Santo, e

o ano de 1999, ao Pai. Já o próprio ano 2000 vai ser dedicado à Santíssima

Trindade. A Igreja no Brasil prepara a chegada do novo milênio por meio

de um grande Projeto de Evangelização, intitulado Rumo ao Novo Milênio,

que tem como objetivo despertar em todos um novo ardor e uma nova

coragem na missão de evangelizar, e criar novas maneiras de anunciar o

Evangelho, para que a mensagem salvadora de Jesus Cristo seja conhecida

e vivida por todos. A CNBB procura lembrar-nos de que o ano jubilar

coincide, no Brasil, com a celebração dos 500 anos do início de nossa

evangelização. Celebraremos o Jubileu do Ano 2000 mobilizando todos os

cristãos para a glorificação da Santíssima Trindade, da qual tudo procede

e para a qual tudo se orienta no mundo e na história, vivendo

intensamente a Eucaristia: nesse sacramento, o salvador continua a se

oferecer à humanidade como fonte de vida divina, sensibilizando o mundo

com a proposta de redução ou perdão da dívida externa e sensibilizando os

brasileiros a respeito da dívida social no Brasil. Devem ser revistas as

atitudes e a responsabilidade que cabem aos cristãos diante dos males de

nosso tempo, e honradas as memórias dos mártires e dos missionários de

nossa Igreja, uma vez que deram sua vida por Cristo e pela evangelização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *