LITURGIA PASCAL JUDAICA


(1/10/1997)

Evaristo Eduardo de Miranda

Neste texto apenas uma inspiração da tradição monoteísta, da liturgia pascal judaica. Tantas vezes lido, repetido e repetido:

Se a nossa boca estivesse cheia de canto como o mar,

e nossa língua, de júbilo

como o bramido de suas ondas,

e nossos lábios, de louvor

como a amplidão do firmamento,

e nossos olhos resplandecessem como o sol e a lua,

e nossas mãos se estendessem

como as águias no céu,

e nossos pés fossem ligeiros como os da corças,

não chegaríamos a Te agradecer,

Senhor, nosso Deus e Deus de nossos pais,

e a bendizer Teu nome,

por uma infinitésima parte

dos benefícios que nos fizeste.

Amém!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *